Você contribui para o caos? | Eu & Nós

Você contribui para o caos?

O tal mundo melhor começa na sua casa

Por Mariana Viktor

Dia desses eu e o Marco tivemos uma briga (aham, a gente também briga, tchanããã!) e a certa altura me deu vontade de rir, porque percebi que era uma daquelas discussões infantis do tipo “eu tenho mais razão do que você”.

E como tudo entre a gente acaba virando tese filosófica na mesa de boteco da cozinha, percebemos que estávamos cometendo a microtolice doméstica que leva ao macrocaos onde o mundo mergulhou: a luta pelo poder.

Ora, se essas brigas pra ver quem tem razão acontecem todos os dias dentro da casa de todo mundo – e entre pessoas que se amam! – cuméquisso não vai se refletir da porta pra fora e se replicar pelo mundo?

Agora vem o clichê necessário: se a gente quer um mundo melhor, o melhor lugar pra começar isso é dentro de casa. Treinando com a mãe chata, o pai omisso, o filho rebelde ou com qualquer pessoa que pense e seja diferente de você.

Porque no frigir dos carros alegóricos, todos somos diferentes mesmo.

Ainda bem (se todo mundo fosse igual seria um ó)!

E a beleza humana está justamente nessa diversidade – de pontos de vista, de histórias, de experiências. _/\_

SOBRE O AUTOR

A Mariana é formada pela Sociedade Brasileira de Coaching (SBC) e pelo Instituto Brasileiro de Coaching (IBC). Especializada em Coaching de Relacionamento e Emotional Freedom Techniques (EFT), é certificada em Psicologia Positiva pela metodologia do professor Tal Ben-Shahar, de Harvard. Jornalista, dedicou-se às áreas de Comportamento, Saúde Holística e Sexualidade, sendo pós-graduanda em Terapia Familiar e coautora do livro Saúde Emocional (Editora Ser+). Colaboradora do blog da Sociedade Brasileira de Coaching, escreveu para as revistas Vida Simples, Galileu, Marie Claire, Bons Fluidos, Educação, Ana Maria, Viver Psicologia e Claudia, entre outras. Foi colunista das revistas Viva Saúde, Corpo a Corpo e Meu Nenê. Assina a coluna Dica da Mari na revista Atrevida.

Comentários do Facebook

Deixe seu comentário