O relacionamento deixou de ser gostoso? | Eu & Nós

O relacionamento deixou de ser gostoso?

Talvez falte colocar nele tempo, foco e energia…

Por Marco Antonio Beck

Seu relacionamento deixou de ser gostoso e bonito – ou está deixando de ser?

Se esse for o caso, você já se perguntou por que ou é melhor fingir que não vem ao caso?

Afinal, muita gente diz que é normal ser assim, que todo relacionamento vira rotina, que tudo cansa.

Mas das coisas que você ama você não cansa, mesmo que sejam cansativas. Por exemplo: acordar cedinho pra correr, cuidar do jardim, escovar o cachorro, sair com os amigos, ver a novela, falar sobre os assuntos que você gosta…

A Entropia é uma lei da Física que diz que tudo se deteriora se não colocarmos energia para manter aquilo vivo ou organizado. Isso vale para gavetas, prateleiras de livros, caixa de ferramentas, coleções, jardim, saúde… e relacionamentos.

Você cuida das suas coleções, gavetas e flores? Pois ponha energia, foco e atenção também no seu relacionamento. Para a Entropia não transformá-lo em peça empoeirada de museu.

. . . . . . . . . .

Se você sentir dificuldade em energizar de novo sua relação, escreva pra euenos.relacionamentos@gmail.com e vamos conversar.

veja quem

SOBRE O AUTOR

Formado pela Sociedade Brasileira de Coaching (SBC) e pelo Instituto Brasileiro de Coaching (IBC), o Marco é practitioner em Programação Neurolinguística (PNL) e Emotional Freedom Techniques (EFT). Certificado em Psicologia Positiva pela metodologia do professor Tal Ben-Shahar, de Harvard, é coautor do livro Saúde Emocional (Editora Ser+), colaborador do blog da Sociedade Brasileira de Coaching e colunista convidado do Obvious, o maior site colaborativo de cultura em língua portuguesa. Estudou psicologia junguiana, noética e pensamento sistêmico, além de trabalhar como ghost-writer – que é quem coloca em palavras as ideias de muitos autores que você lê. Criou junto com a Mariana o Eu & Nós, primeiro site brasileiro sobre Coaching de Relacionamento.

Comentários do Facebook

Deixe seu comentário