Estranha historinha | Eu & Nós

Estranha historinha

Mas cruzaram-se. Mas entreviram-se. Mas despencaram, de algum modo, na clareira. Depararam-se.

Por Marco Antonio Beck

desenho estilizado de um lobo e uma pantera em círculo

A floresta escura. Qualquer lua no céu rendilhava de prata o contorno das coisas próximas: tílias, carvalhos, samambaias baixas. Frio. O suficiente.

E eles.

Estavam ali há muito tempo. Muito, considerando a natureza deles. Muito, considerando o momento suspenso entre os lumes dos olhos deles. Amarelos. Muito, considerando o silêncio absoluto, pétreo, desse momento suspenso.

Havia Eras entre eles, perpassando cada movimento contido, cada gesto retesado, a prontidão desmesurada. Rondavam-se os dois nesse tempo enorme, nesse enorme silêncio, sobre o chão de folhas da floresta.

Medo, sim. Como não?

Um do outro. Os dois, de tudo. E.

Mas.

Entenda: claro que deparar-se com alguém numa clareira é estranho, mesmo assustador. Sim. Porque noite, silêncio pétreo, frio, surpresa. Sim. Então contenções, retenções, prontidões e desmesuras. E medo. Sim.

Eu falo de outra coisa.

Falo da natureza deles, mais que do resto.

Isso é que é surpreendente ali. Neles. Entre eles.

O modo.

O modo como, entende?

O modo como o Lobo aproximou-se da Pantera. O modo como a Pantera percorreu sete passos e parou em frente ao Lobo. E o modo como se farejaram, pele e sexo, hálito e cicatrizes no pelo gris e no pelo negro. E o modo como impossivelmente ergueram as orelhas antes gachas-para-o-bote e descrisparam os dorsos e lamberam-se, faces e pescoços e colos barrentos. Como carinho.

E o modo como se afastaram, depois, por entre as samambaias baixas. Lentos. Solenes. Impossíveis.

O último Lobo da Bretanha e a última Pantera de Java.

Sagrados.

. . . . . .

Você vai baixar a guarda, Lobo?

Vai recolher as garras, Pantera?

imagem: autor desconhecido

SOBRE O AUTOR

Formado pela Sociedade Brasileira de Coaching (SBC) e pelo Instituto Brasileiro de Coaching (IBC), o Marco é practitioner em Programação Neurolinguística (PNL) e Emotional Freedom Techniques (EFT). Certificado em Psicologia Positiva pela metodologia do professor Tal Ben-Shahar, de Harvard, é coautor do livro Saúde Emocional (Editora Ser+), colaborador do blog da Sociedade Brasileira de Coaching e colunista convidado do Obvious, o maior site colaborativo de cultura em língua portuguesa. Estudou psicologia junguiana, noética e pensamento sistêmico, além de trabalhar como ghost-writer – que é quem coloca em palavras as ideias de muitos autores que você lê. Criou junto com a Mariana o Eu & Nós, primeiro site brasileiro sobre Coaching de Relacionamento.

Comentários do Facebook

Deixe seu comentário