Bukowski: notas de um coach safado | Eu & Nós

Bukowski: notas de um coach safado

Pegara a coisa. Pegara do jeito que era. Quer isso significasse alguma coisa ou não, ele a pegara como era.

Por Marco Antonio Beck

charles bukowski abraçado numa mulherO Charles Bukowski devia ter feito Coaching.

Pra quem não sabe, ele foi um bebum americano podrão que se autoproclamava escritor e morreu de leucemia em 1994, aos 73 anos, depois de ter constrangido a raça humana com alguns dos livros mais toscos destes tempos toscos.

Se tivesse feito Coaching, Henry Chinaski (Fernando Pessoa fim-de-festa, Bukowski tinha um alter ego) nos pouparia de cusparadas como Notas de um Velho Safado, O Amor é um Cão dos Diabos e Hollywood.

Um exemplo: em Hollywood, Bukowski relata – ou regurgita, sem qualquer filigrana estética – os bastidores do convite que recebeu para escrever o argumento dum filme meio autobiográfico e suas experiências etílicas no lugar que dá nome ao livro. O filme é Barfly, de 1987, e foi dirigido por Barbet Schroeder, com Faye Dunaway e Mickey Rourke no elenco, ele no papel do jovem Buk.

Pois tem um momento, quando estão filmando a cena em que o Rourke (no livro, Jack Bladsoe) entra num bar, que… putz, eu não saberia dizer dum jeito tão tosco quanto o Bukowski, que aparece na cena interpretando – bidu! – um velho bêbado. Então tenham paciência e leiam o trecho nos grunhidos do próprio autor, talvez ouvindo Oscar Peterson, Hymn to Freedom:

“A porta do quarto abriu-se e Jack Bledsoe entrou cambaleando. Merda, era o jovem Chinaski! Era eu! Senti uma dor mole dentro de mim.

Juventude, sua filha da puta, aonde você foi?

Queria voltar a ser o jovem bêbado. Queria ser Jack Bladsoe. Mas era apenas o cara velho no canto, mamando uma cerveja.

Bladsoe cambaleou até a janela junto à mesa. Abriu a persiana escangalhada. Ensaiou uns passos de boxe, um sorriso no rosto. Depois sentou-se à mesa, pegou um lápis e um pedaço de papel. Ficou ali sentado algum tempo, depois puxou a rolha de uma garrafa de vinho, tomou uma talagada, acendeu um cigarro. Ligou o rádio e deu sorte de sintonizar Mozart.

Começou a escrever naquele pedaço de papel enquanto a cena escurecia…

Pegara a coisa. Pegara do jeito que era. Quer isso significasse alguma coisa ou não, ele a pegara como era.

Eu me aproximei e apertei sua mão.

– Peguei bem? – ele perguntou.

– Pegou – eu disse”.

……….

Terminei de copiar o trecho, li, reli e Oscar Peterson ainda toca seu hino. São duas e treze da madrugada dum sábado caseiro onde eu devia estar assistindo ao quinto episódio da terceira temporada de Vampire Diaries.

Mas.

Mas ler Charles Bukowski ao som de Hymn to Freedom nesta madrugada fria de Floripa foi uma das coisas mais extraordinárias que aconteceram comigo num momento extraordinário da minha vida e daí então vou imitar Gilberto Gil e retirar tudo o que eu disse e reticenciar que eu juro que Charles Bukowski devia ter feito Coaching.

Não devia.

Não devia porque o Coaching serve pra iluminar cantos escuros e tirar o entulho do jardim das emoções pra gente ver as pequenas epifanias caiofernandas que há em tudo – e é exatamente isso que faz o velho China.

Ao foder com nossas filigranas estéticas e cuspir na nossa sobriedade, o bebum americano podrão enfiou o dedo trêmulo no nervo exposto do que mais nos falta: comover-nos. A tosquice catarrenta de Bukowski comove e isso é o máximo que pode pretender um escritor.

Amores cósmicos são emocionantes, mas o que conta mesmo é o poquim de ceva choca que sobrô no copo ingordurado que ficô na mesa bamba do buteco fulêro onde eu disse que ti amo, meu fachdilús!

É comovido desse jeito que quero, quando estiver indo, apertar a mão da vida e perguntar a ela se peguei bem.

Também comovida, talvez ela ensaie uns passos de boxe, um sorriso no rosto, e responda: “Pegou”.

 imagem: mark lyken

SOBRE O AUTOR

Formado pela Sociedade Brasileira de Coaching (SBC) e pelo Instituto Brasileiro de Coaching (IBC), o Marco é practitioner em Programação Neurolinguística (PNL) e Emotional Freedom Techniques (EFT). Certificado em Psicologia Positiva pela metodologia do professor Tal Ben-Shahar, de Harvard, é coautor do livro Saúde Emocional (Editora Ser+), colaborador do blog da Sociedade Brasileira de Coaching e colunista convidado do Obvious, o maior site colaborativo de cultura em língua portuguesa. Estudou psicologia junguiana, noética e pensamento sistêmico, além de trabalhar como ghost-writer – que é quem coloca em palavras as ideias de muitos autores que você lê. Criou junto com a Mariana o Eu & Nós, primeiro site brasileiro sobre Coaching de Relacionamento.

Comentários do Facebook

2 Comentários

  • 25/10/2011 - 16:36 Mauro Vargas

    ….hehehehe…. sei que pegou, sim. Pois, tudo tem um por quê. Ou dois. Né mismo?

  • 25/10/2011 - 16:51 Marco Antonio Beck

    Ou três! Rsrs. Grande lembrança, a da Faca do João Francisco! Eitaaaa! :D

Deixe seu comentário


cheap nba jerseys wholesale nba jerseys discont nba jerseys cheap nba jerseys wholesale nba jerseys discont nba jerseys cheap nike nba jerseys wholesale nike nba jerseys discount nike nba jerseys cheap nike nba jerseys wholesale nike nba jerseys discount nike nba jerseys cheap nfl jerseys wholesale nfl jerseys discount nfl jerseys cheap nba jerseys wholesale nba jerseys discount nba jerseys cheap nba jerseys wholesale nba jerseys discount nba jerseys cheap nba jerseys wholesale nba jerseys discount nba jerseys cheap nba jerseys wholesale nba jerseys discount nba jerseys cheap nba jerseys wholesale nba jerseys discount nba jerseys cheap nba jerseys wholesale nba jerseys discount nba jerseys cheap nba jerseys wholesale nba jerseys discount nba jerseys cheap nba jerseys wholesale nba jerseys discount nba jerseys cheap nba jerseys wholesale nba jerseys discont nba jerseys cheap nba jerseys wholesale nba jerseys discont nba jerseys cheap nba jerseys wholesale nba jerseys discont nba jerseys discount nba jerseys wholesale nba jerseys cheap nba jerseys cheap nba jerseys wholesale nba jerseys discount nba jerseys cheap nba jerseys wholesale nba jerseys discount nba jerseys Big & Tall big & tall jerseys for sale size 3xl, 4xl, 5xl and 6xl Big & Tall big & tall jerseys for sale size 3xl, 4xl, 5xl and 6xl Big & Tall big & tall jerseys for sale size 3xl, 4xl, 5xl and 6xl Big & Tall big & tall jerseys for sale size 3xl, 4xl, 5xl and 6xl Big & Tall big & tall jerseys for sale size 3xl, 4xl, 5xl and 6xl Big & Tall big & tall jerseys for sale size 3xl, 4xl, 5xl and 6xl Big & Tall big & tall jerseys for sale size 3xl, 4xl, 5xl and 6xl ice hockey jersey China me jerseys Suppliers High Quality ice hockey jersey cheap nba jerseys wholesale nba jerseys discount nba jerseys Custom Made Sports Jersey Custom Basketball Jersey Custom Baseball Jersey Custom Made Sports Jersey Custom Basketball Jersey Custom Baseball Jersey Custom Made Sports Jersey Custom Basketball Jersey Custom Baseball Jersey Custom Made Sports Jersey Custom Basketball Jersey Custom Baseball Jersey Custom Made Sports Jersey Custom Basketball Jersey Custom Baseball Jersey Custom Made Sports Jersey Custom Basketball Jersey Custom Baseball Jersey Custom Made Sports Jersey Custom Basketball Jersey Custom Baseball Jersey Custom Made Sports Jersey Custom Basketball Jersey Custom Baseball Jersey Custom Made Sports Jersey Custom Basketball Jersey Custom Baseball Jersey Custom Made Sports Jersey Custom Basketball Jersey Custom Baseball Jersey Custom Made Sports Jersey Custom Basketball Jersey Custom Baseball Jersey Custom Made Sports Jersey Custom Basketball Jersey Custom Baseball Jersey Custom Made Sports Jersey Custom Basketball Jersey Custom Baseball Jersey Custom Made Sports Jersey Custom Basketball Jersey Custom Baseball Jersey Custom Made Sports Jersey Custom Basketball Jersey Custom Baseball Jersey Custom Made Sports Jersey Custom Basketball Jersey Custom Baseball Jersey Custom Made Sports Jersey Custom Basketball Jersey Custom Baseball Jersey Custom Made Sports Jersey Custom Basketball Jersey Custom Baseball Jersey Custom Made Sports Jersey Custom Basketball Jersey Custom Baseball Jersey